Notícias

Telemedicina: profissionais de saúde do SUS podem contar com consultas virtuais já este mês

Pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) podem contar a partir deste mês com consultas virtuais nos postos de saúde da Atenção Primária para a realização de atendimento médico, de enfermagem e multiprofissionais.

A ferramenta servirá para que os profissionais de saúde consigam fazer as teleconsultas, dando continuidade ao tratamento de pacientes de maneira ágil e segura, por conta da pandemia de Covid-19.

Os 20 mil médicos e enfermeiros que atuam nas unidades de Saúde da Família do país terão acesso a treinamento e suporte técnico para utilizar o sistema. Quem aderir ao programa receberá uma certificação para a prática de telemedicina e telessaúde.

Telemedicina

Essa é uma parceria entre a Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) com o Hospital Albert Einstein, através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS).

Na opinião do secretário Nacional de Atenção Primária à Saúde, Erno Harzheim, o novo sistema pode contribuir na expansão da capacidade de atendimento da rede de serviços prestados na Atenção Primária.

“Investir em tecnologia é uma estratégia eficiente, que está sendo utilizada em outros países, para diminuir a propagação do vírus e para minimizar os impactos indiretos causados pela pandemia de Covid-19, como o adiamento de atendimentos relacionados a outras doenças, principalmente as crônicas”, ressalta Erno Harzheim.

O projeto ainda vai oferecer mais segurança ao permitir a assinatura com certificação digital do ICP-Brasil para os médicos da Atenção Primária.

A primeira versão da plataforma já está disponível para os médicos. Enfermeiros e demais profissionais da equipe multiprofissional poderão utilizar a ferramenta a partir da segunda quinzena de maio.

Como vai funcionar

O sistema permitirá o registro da consulta à distância, e a emissão de atestados e receitas. As informações serão validadas e o responsável pelo suporte da plataforma vai fazer contato, por e-mail ou telefone, para a emissão gratuita da certificação digital. A certificação terá validade de cinco anos.

O projeto prevê ainda nos próximos meses a disponibilização de aplicativo e endereço eletrônico para agendamento virtual, acesso às informações clínicas, atestados e receitas.

teleconsulta pode acontecer por telefone ou videoconferência. Ao final do atendimento, o paciente receberá no seu e-mail o resumo da consulta e uma pesquisa de satisfação.

O paciente poderá solicitar o atendimento por demanda espontânea ou programada, fazendo uma solicitação de agendamento de consulta à distância para a equipe de saúde que era normalmente responsável pelo seu atendimento, antes do início da pandemia.

Tele-UTI

O Projeto de Tele-UTI também já está à disposição dos médicos do SUS em hospitais com leitos de UTI para pacientes com Covid-19.

O objetivo é ajudar nos atendimentos dos casos do novo coronavírus. Os profissionais terão uma linha telefônica que pode ser acessada 24 horas. Além disso poderão fazer consultas através de videoconferências com as equipes dos hospitais de excelência para tirar dúvidas.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Jornalista carioca.

Leia também

Convênios

eGAC
CDL
GBrasil
Accor
Auditsafe
pki
G+D Mobile Security
Idemia
Gemalto
CryptoID
Insania