Notícias

SDI-1 julga primeiro com tramitação totalmente eletrônica

O PJe foi desenvolvido por servidores do TST

A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho julgou, na manhã dessa quinta-feira (6), o primeiro processo em pauta em tramitação pelo Processo Judicial Eletrônico (PJE). A implantação do sistema teve início no TST em dezembro de 2017 e, agora, os primeiros processos com tramitação totalmente eletrônica começam a ser julgados nas Turmas e nas Seções Especializadas.

O sistema também já é utilizado por todos os 24 Tribunais Regionais do Trabalho. É a Justiça do Trabalho na vanguarda da virtualização do processo judicial, por uma justiça cada vez mais célere.

Para o presidente do TST, ministro Brito Pereira, esse avanço tecnológico é motivo de grande satisfação, principalmente porque todo o sistema foi desenvolvido por servidores do Tribunal. “Hoje, a SDI-1 ingressa na era do PJe, sistema que está em todos os órgãos da Justiça do Trabalho. Para nós, é um orgulho contar com uma equipe de ‘prata da casa’, incansável e comprometida, como a dos servidores da Secretaria de Tecnologia da Informação (Setin)”, ressaltou.

A fim de promover a acessibilidade aos mais diversos usuários, a última versão (2.3) do PJe conta com ferramentas desenvolvidas para pessoas com deficiência visual. Atualmente, mais de 2.700 processos tramitam eletronicamente no TST.

Fonte: TST

Leia também

Convênios

eGAC
CDL
GBrasil
Accor
Auditsafe
pki
G+D Mobile Security
Idemia
Gemalto
CryptoID
Insania