Notícias

Ministério avalia utilização de serviços digitais pelos cidadãos

Cidadãos de toda parte do país podem avaliar experiências no uso de serviços públicos digitais

Fernanda Strickland*

No intuito de melhorar os serviços digitais prestados pelo governo federal, a Secretaria de Governo Digital lançou uma página de inscrições e o Ministério da Economia convida cidadãos de toda parte do país, para avaliarem suas experiências no uso de serviços públicos digitais.
 
Em um país onde há diferentes realidades econômicas, de infraestrutura, culturais e gerenciais, os serviços públicos precisam ser aperfeiçoados constantemente para atender às necessidades de cada cidadão e não deixar ninguém para trás. Então é muito importante que haja uma boa experiência através da entrega dos serviços públicos digitais. 
 
Com esse objetivo, a Secretaria de Governo Digital (SGD) do Ministério da Economia convida os interessados em colaborar para que essas melhorias sejam feitas de forma assertiva, baseadas em dados, a se inscreverem em sua página de pesquisa com usuários.
 
O professor e servidor público Rodrigo Mota Narcizo soube do teste pelo Whatsapp, “Foi uma experiência bastante interessante. Ouvir o cidadão que faz uso das soluções criadas pelo governo é essencial. E também o aspecto de estarem abertos ao feedback e às sugestões dos usuários e como nós como cidadãos fazemos uso das soluções relacionadas ao governo digital” afirma.
 
Ao contribuir para tornar os serviços digitais mais simples e acessíveis a milhões de brasileiros, os voluntários vão receber um certificado on-line como reconhecimento pela participação. As entrevistas podem ser feitas remotamente e pessoas de todo o país estão aptas a participar. Após a conclusão do projeto de pesquisa, também receberão em primeira mão novidades sobre o serviço transformado ou aprimorado a partir das recomendações dos usuários, podendo compartilhar com outras pessoas que sua participação contribuiu diretamente para a melhoria do serviço público.
 
O diretor do Departamento de Experiência do Usuário da SGD, Joelson Vellozo Jr., explica. “Quando um cidadão acessa um serviço digital e fica satisfeito com a qualidade porque tem uma boa experiência de uso, aumentam muito as chances dele interagir novamente com esse serviço e indicá-lo para amigos e familiares.”
 
Desde o início de 2019, cerca de 2 mil pessoas já foram entrevistadas para o aprimoramento de serviços como a Carteira de Trabalho, o eSocial e o portal gov.br. “Realizar pesquisas com usuários, que sentem na pele as dificuldades na interação com o Estado e são os maiores interessados na simplificação do acesso aos serviços públicos, é um ponto decisivo para o sucesso da digitalização dos serviços”, afirma Vellozo. 
 
“Sempre que sei de novos testes procuro divulgar, pois considero que essas oportunidades são importantes para o setor público aprender com o cidadão”, conclui Mota.
 
Nos próximos meses, já estão programadas pesquisas sobre a emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) dentro do aplicativo da Carteira Digital de Trânsito e a prova de vida para serviços do INSS, que poderá ser simplificada como uso de biometria. 
 
Atualmente, o governo federal oferece mais de 3,5 mil serviços à sociedade, dos quais mais de 2 mil já são digitais. A meta é transformar 100% dos serviços digitalizáveis até o fim de 2022.
 
 
*Estagiária sob supervisão de Vicente Nunes

Correio Braziliense

 

 

 

Leia também

Convênios

eGAC
CDL
GBrasil
Accor
Auditsafe
pki
G+D Mobile Security
Idemia
Gemalto
CryptoID
Insania