Notícias

Como conseguir segunda via de nota fiscal pela Internet

 

Por Ana Letícia Loubak, para o TechTudo

É possível emitir a segunda via de notas fiscais pela Internet, a partir do site da Secretaria de Fazenda (Sefaz). Para isso, é preciso ter a chave de acesso da nota fiscal eletrônica (NF-e) em mãos. Após informar o código de 44 dígitos, o sistema recupera as informações do documento e é capaz de gerar um arquivo XML com validade jurídica, assim como a versão física da nota fiscal.

Caso não tenha a chave de acesso, o usuário pode tentar consegui-la direto com o vendedor, procurar nos registros da compra em seu e-mail ou recorrer ao DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica). O documento acompanha produtos comprados pela Internet e é uma versão simplificada da NF-e, mas sem valor fiscal.

Vale ressaltar que, embora apresente as principais informações contidas na nota fiscal eletrônica, o DANFE não a substitui. Ele é apenas uma representação gráfica da NF-e, ou seja, um documento impresso que não chega a ser uma versão física da NF-e, mas se aproxima bastante disso, já que traz as principais informações sobre a compra. No tutorial a seguir, aprenda como conseguir segunda via de nota fiscal pela Internet.
 

Passo 1. Acesse o site oficial da Nota Fiscal Eletrônica (www.nfe.fazenda.gov.br/portal/principal.aspx) e clique em “Consultar NF-e completa”;

 
No site oficial da NF-e, clique em "Consulta NF-e completa" — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

No site oficial da NF-e, clique em “Consulta NF-e completa” — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 2. Informe a chave de acesso de 44 dígitos da NF-e e marque a caixa “Não sou um robô”. Feito isso, clique sobre o botão “Continuar”;

 
Digite a chave de acesso para prosseguir — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Digite a chave de acesso para prosseguir — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 3. A nota fiscal eletrônica completa será aberta em uma nova tela. Se desejar, navegue pelas abas indicadas para visualizar informações detalhadas sobre cada campo;

 

Navegue pelas abas para visualizar informações detalhadas — Foto: Reprodução/Ana Letícia LoubakNavegue pelas abas para visualizar informações detalhadas — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Navegue pelas abas para visualizar informações detalhadas — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 4. O download da nota fiscal está disponível apenas para pessoas que têm certificado digital. No entanto, é possível driblar essa limitação a partir do botão “Preparar documento para impressão”, no final da página;

 

Selecione o botão indicado — Foto: Reprodução/Ana Letícia LoubakSelecione o botão indicado — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Selecione o botão indicado — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 5. Clique no ícone de impressora, à direita, ou tecle Ctrl + P;

 

Clique no ícone da impressora — Foto: Reprodução/Ana Letícia LoubakClique no ícone da impressora — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Clique no ícone da impressora — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Passo 6. Será aberta uma caixa de diálogo. Em “Destino”, selecione a opção “Salvar como PDF” e clique no botão “Salvar”, no canto inferior direito da tela.

 

Salve o documento como PDF — Foto: Reprodução/Ana Letícia LoubakSalve o documento como PDF — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Salve o documento como PDF — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Como conseguir notas fiscais antigas?

As notas fiscais são examinadas pela Receita Federal para identificar sonegação de impostos por parte das empresas e para manter o controle sobre as questões tributárias. Isso significa que as companhias podem ter grandes prejuízos caso a Receita solicite o documento e elas não o disponibilizem.

Felizmente, é possível conseguir notas fiscais antigas ou perdidas com a ajuda do Aplicativo para Manifestação do Destinatário, disponibilizado pela Sefaz em www.mde.fazenda.sp.gov.br. O software permite ver a lista de notas que foram emitidas contra a empresa em até 90 dias e baixar os documentos em XML, usando o certificado digital. Há também programas pagos de gestão fiscal que fazem o serviço.

Via Sefaz

 
 
 

 

 

 

 

Leia também

Mais notícias

Serviços

Consultas Processuais
Consulta Jurídica
Clipping do DOU

Convênios

eGAC
Accor
Auditsafe
pki
Gemalto
CryptoID
Insania
Insania
GD Giesecke+Devrient
Serpro