Notícias

Biometria: TSE já coletou dados de 117,5 milhões ou 80% dos eleitores

Convergência Digital

O Tribunal Superior Eleitoral divulgou nesta quinta, 15/7, que a coleta de dados biométricos já foi feita em 117.594.975 eleitores – o que significa 79,5% dos 148 milhões de brasileiros aptos a votar.  É o cadastro que vai se tornando a principal base de identificação nas relações com o Estado.

Ainda de acordo com a Justiça Eleitoral, 16 unidades da federação concluíram totalmente o recadastramento biométrico: Distrito Federal, Goiás, Paraná, Rondônia, Roraima, Amapá, Pará, Maranhão, Tocantins, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas, Sergipe e Bahia.

Essa base de dados biométricos – no caso, as digitais dos 10 dedos – é uma das principais ferramentas de validação de usuários online para acesso aos serviços públicos digitais. A mais recente versão desse entendimento é um acordo de cooperação entre TSE, Presidência da República e Ministério da Economia de uso dessa base no sistema nacional de identificação.

É mais uma tentativa de fazer avançar um Documento Nacional de Identificação, único e unificado, em um processo que começou em 1998 e teve diferentes encarnações. E que esbarrou em quem seria o “dono” da base de dados e nos custos que envolveriam os estados.

Leia também

Mais notícias

Serviços

Consultas Processuais
Consulta Jurídica
Clipping do DOU

Convênios

eGAC
Accor
Auditsafe
pki
Gemalto
CryptoID
Insania
Insania
GD Giesecke+Devrient
Serpro