Notícias

Antifraude crescerá em 2015

Especialistas em segurança e auditoria de empréstimos consignados indicam que sistemas devem baratear

Amauri Vargas

A proteção antifraude para os empréstimos de modalidade consignada devem crescer em 2015. Isso porque companhias do mercado como VoxAge e BR Telemática apontam para o barateamento de sistemas que conferem a legitimidade dos financiamentos.

O indicativo positivo para os negócios envolvendo proteção contrastam com o número de fraudes cometidas no Brasil. Ainda assim, a queda de 7,5% na tentativa desse tipo de crime, apurado pela Serasa Experian, representa um total de 2 milhões de fraudes cometidas no Brasil.

É justamente para evitar que esse tipo de situação ocorra em meio às milhares de negociações de crédito consignado processadas, que as companhias VoxAge e Br Telemática foram procuradas. A demanda surgiu em 2011, dentro do banco BMG, com sede em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.

Diferenças

Apesar desse tipo de demanda ser associada à proteção digital, o sistema de empréstimo consignado apresenta uma peculiaridade, como conta o CEO da VoxAge, Alexandre Constantine. “Esse tipo de proteção não envolve fraudadores comuns, que procuram por cartões e senhas de contas bancárias padronizadas”, Explica.

Ele complementa que a função do sistema é a de contatar via contact center os solicitantes e verificar a autenticidade do pedido. “Atendentes orientados pela plataforma conseguem o telefone da pessoa auditada em bancos de dados como o do próprio Serasa e atestam por meio de perguntas e pegadinhas a legitimidade.”

Constantine afirma que a companhia deve crescer aproximadamente 20% este ano, mesma performance de 2014.

Fonte: DCI – 18/02

Leia também

Mais notícias

Serviços

Convênios

eGAC
Accor
Auditsafe
pki
Gemalto
CryptoID
Insania
Insania
GD Giesecke+Devrient